Guardiola Confidencial

Guardiola Confidencial: por detrás de uma das lendas contemporâneas do futebol

No livro Guardiola Confidencial, o jornalista Martí Pernau acompanha os bastidores do trabalho do treinador Guardiola durante a sua passagem no Bayern. Saiba mais sobre este livro.

No mundo futebolístico, o nome de Josep Guardiola i Salça – mais conhecido como Pep Guardiola – tem um peso incomparável. Com uma carreira como futebolista, o espanhol tinha construído já uma reputação para si mesmo, passando por equipas conceituadas como o Barcelona e o Roma. No entanto, foi ao assumir a posição de treinador que o respeito chegou realmente e, com ele, um novo capítulo da sua carreira.

Os fãs do treinador espanhol terão pelo menos uma noção de que Pep Guardiola começou a sua carreira como treinador, comandando o Barcelona B – clube por onde tinha começado também como futebolista. Com a equipa, conseguiu ser campeão da Terceira Divisão e treinou alguns jogadores que mais tarde passaram para a equipa principal do clube, como Sergio Busquets, Pedro Rodríguez e Thiago Alcántara.

É esta prova de sucesso que lhe garante a promoção a treinador oficial da equipa do Barcelona, substituindo o holandês Frank Rijkaard. E é a partir daí que, à sua carreira, se começa a juntar a História: nos meses que se segue torna-se no maior treinador estreante, conquistando a Taça do Rei, o Campeonato Espanhol, a Supertaça de Espanha, a Liga dos Campeões da UEFA, a Supertaça da Europa e a Taça Mundial dos Clubes da FIFA: tudo isto na mesma temporada.

No final da sua temporada de estreia, de 2008/2009, consegue arrecadar prémios, competindo pela primeira vez com um dos seus maiores rivais: o português José Marinho, que estava então encarregue do Real Madrid.

A direcção do Barcelona continua nas mãos de Guardiola, assim como triunfos consecutivos, até abril de 2012 quando anuncia a sua saída e declara que tirará um ano sabático para descansar. Após meses de especulação, o muito antecipado regresso de Guardiola acontece quando, a 16 de janeiro de 2013 – menos de um ano desde a sua saída do Barcelona – anuncia que vai treinar o Bayern de Munich.

Guardiola Confidencial: porquê ler este livro?

É aqui que surge o pretexto para acompanhar Pep Guardiola e perceber a “magia” que faz nos bastidores, os segredos por detrás do sucesso da sua carreira. É esta a oportunidade concedida a Martí Perarnau, jornalista desportivo e antigo atleta, que é convidado a seguir Guardiola no seu primeiro ano à frente do Bayern de Munique.

O desafio de decifrar a personalidade de Pep Guardiola sempre pareceu tão complexo quanto o de conceber, à distância e sem acesso direto, de que forma trabalha o técnico que deu ao Barcelona os melhores anos da sua história.

O jornalista Martí Perarnau, no entanto, obteve do próprio Guardiola permissão para entrar nos vestiários do Bayern de Munique, seguir de perto todos os seus passos e relatar os detalhes de uma temporada inteira do catalão no comando do clube bávaro.

E tirou o máximo proveito da ocasião. O seu exaustivo trabalho de campo delineou os traços de uma personalidade tão genial quanto atormentada, um homem profundamente apaixonado pelo futebol mas, ao mesmo tempo, incapaz de desfrutar totalmente das vitórias por culpa da sua obsessiva demanda pela perfeição.

O autor mergulhou fundo também nas ideias e conceitos de jogo fundamentais para o técnico, desfazendo ao longo da obra uma série de clichés que rodeiam a figura de Pep Guardiola. Aproveitando o acesso que lhe estava a ser concedido aos meandros de um dos maiores clubes do mundo, Martí Perarnau registou tudo o que foi acontecendo à frente dos seus olhos. O resultado foi o livro Guardiola Confidencial.

Todavia, este acesso de Martí Perarnau aos bastidores do trabalho de Guardiola não terminou quando o livro chegou ao mercado. O jornalista espanhol continuou ao lado de Pep Guardiola, acompanhando o seu trabalho na equipa alemã.

Por três temporadas extraordinárias no Bayern de Munique, Martí Perarnau teve acesso total ao super-clube alemão – aos seus jogadores, ao seu staff, aos seus membros e, sobretudo, ao seu treinador. Prosseguindo o trabalho começado em Guardiola Confidencial, Perarnau tenta agora deslindar ainda mais sobre a personalidade e métodos do treinador catalão.

Pep Guardiola: A evolução leva o leitor a uma jornada através de três épocas de ação embalada como treinador do Bayern, mostrando como foi possível quebrar recordes domésticos e lutar para dominar a Europa. O estilo de gestão de  Guardiola, através de momentos-chave dentro e fora do campo, constituem também uma parte fulcral deste livro.

Perarnau mostra ainda como Guardiola evoluiu enquanto treinador durante a sua passagem  no Bayern, mesmo não tendo conseguido conquistar o prémio final no futebol europeu e analisa de igual forma os motivos que o levaram a rescindir contrato com o Bayern para assumir o desafio de comandar o Manchester City, onde está atualmente.

No geral, estes livros contam mais do que a história de três temporadas com um dos maiores clubes de futebol do mundo: é um retrato e uma análise de um treinador que ficará para a História e das filosofias e métodos que seduziram o mundo.

Share this article

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *