estádios de futebol mais estranhos

Confira os 10 estádios de futebol mais estranhos do mundo

Quais são os estádios de futebol mais estranhos do mundo? Numa tentativa de responder a esta pergunta reunimos neste artigo 10 estádios.

 

Por todo o mundo existem centenas de estádios de futebol que, por detrás do relvado e das bancadas para os adeptos, escondem ambições mais fortes.

Muito mais do que procurarem criar uma casa para um clube de futebol, um espaço grande suficiente para receber milhares de pessoas, são muitos os estádios que procuram cometer certas extravagâncias para se demarcarem de todos os outros e assim se posicionarem como monumentos de glória ao clube.

Mesmo que à partida possamos pensar que todos os estádios de futebol são iguais ou, pelo menos, muito semelhantes, uma análise à arquitetura das últimas décadas tem provado o contrário.

Os gigantes de ferro e aço podem ser unidos sempre pelo mesmo relvado verde, mas há diferenças claras a atribuir um pouco da identidade do clube ao espaço em si.

Neste artigo é dessas mesmas diferenças que falamos, mas com um foco mais preciso: o que acontece quando a excentricidade de um estádio se torna estranha?

Inspirados por esta ideia, fizemos uma pesquisa a alguns dos estádios mais estranhos do mundo e conseguimos compor a lista apresentada nos próximos parágrafos.

10 estádios de futebol mais estranhos do mundo

1 – Estádio Municipal de Braga – Portugal

E não podíamos deixar de começar por Portugal, onde se encontra um dos estádios mais estranhos do mundo: o Estádio Municipal de Braga. A construção foi feita após a escavação e remoção de rocha – que terá tido um custo de cerca de 120 milhões de dólares. O estádio, construído para o Euro 2004 – campeonato que Portugal acolheu – foi considerado um dos estádios mais originais e bonitas do mundo… mas ainda assim estranho.

 2 – Cocodrilos Sports Park – Venezuela

 

De Portugal damos um salto até à Venezuela. É aí que se encontra o estádio Cocodrilos Sports Park, um pavilhão multiusos utilizado principalmente para jogos de futebol da equipa Caracas FC. O estádio tem capacidade de 3.000 pessoas e torna-se estranho por estar muito próximo de uma estrada.

3 – Stadion Gospin dolac – Croácia

O Stadion Gospin dolac, situado na Cróacia, foi construído em 1989 e serve atualmente como residência para o  clube de futebo NK Imotskil. O estádio tem capacidade para 4.000 espectadores e assemelha-se em parte ao estádio de Braga, situado junto a uma formação rochosa de grande altitude.

4 – Estádio Janguito Malucelli – Brasil

 

O Estádio Janguito Malucelli tornou-se famoso por ser o primeiro “palco verde” do Brasil, com a sua arquibancada principal construída com cadeiras colocada em cima de uma colina. Esta inovação, que provoca alguma estranheza a quem acha estranho estar sentado mesmo numa colina, valeu no entanto à estrutura o título de Eco-Estádio por não usar cimento.

 

5 – Estádio das The Faroe Islands

 

Este estádio é no mínimo peculiar, uma vez que é dividido por um conjunto de ilhas. As ilhas em questão, situadas entre o Mar da Noruega e o Oceano Atlântico Norte, aproximadamente a meio caminho entre a Escócia e a Islândia, chamam-se The Faroe Islands. A equipa nacional joga com seleções nacionais europeias neste campo, situado tão próximo do mar. Uma embarcação está responsável por recolher as bolas que caem no mar durante uma partida.

6 – The Float – Singapura

Mas nada de aproxima do The Float (O Flutuante). Este estádio de futebol está literalmente a flutuar no mar. Feito inteiramente de aço, o The Float consegue suportar até 1.070 toneladas, o equivalente ao peso total de 9 mil pessoas e ainda 200 toneladas de adereços. A galeria no estádio tem uma capacidade de 30 mil pessoas.

7 – Mmabatho Stadium – África do Sul

O Mmbatho Stadium começa por causar estranho logo pela sua designação. Trata-se de um estádio multiusos localizado na cidade de Mafikeng, utilizado principalmente para jogos de futebol. O estádio tem capacidade para 59 mil pessoas e foi projetado e construído em 1981 por uma empresa de construção russa. A arquitetura do estádio, como podemos ver na fotografia, foge às regras habituais.

8 – Recep Tayyip Erdoğan Stadium – Turquia

É um estádio multi-uso no bairro Kasimpasa de Istambul, na Turquia. Hoje é utilizado principalmente para jogos de futebol e é o estádio de Kasimpasa SK. Embora a capacidade do estádio foi ampliada para 13.500 espectadores, as arquibancadas cobrem apenas metade do campo, deixando a outra metade totalmente exposta ao bairro.

9 – Igraliste Batarija – Croácia

O estádio Igralista Batarija surgiu entre as fortificações do século XV da cidade de Trogir, Croácia. Com uma dimensão reduzida, o estádio do clube croata HNK Trogir tem capacidade para apenas 1000 pessoas. Parece um estádio bonito, mas talvez haja mais espectadores assistindo aos jogos do restaurante na cobertura do castelo localizado no lado do campo, do que das arquibancadas.

10 – Fujieda City Stadium – Japão

O Fujieda City Stadium é capaz de acolher 13 mil espectadores, tanto para assistir  jogos de futebol ou para eventos culturais. No entanto, como podem ver pelas fotografias, o estádio é também excelente para fazer piqueniques: em vez de arquibancadas conta com dois terraços com relvado, onde se pode sentar para assistir ao jogo.

 

Share this article

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *